Accept – Life’s a Bitch (2019)

folder

4a4e7-downloadpic3O Accept lançou em 19 de abril de 2019, a música “Life’s A Bitch”. Ela veio ao público em formato de single nas principais plataformas de streaming e também em vinil no formato especial de 7 polegadas. O EP especial trás támbem as faixas “Heaven Is Hell”, “Russian Roullete”, “Bulletproof” e “I Don’t Wanna Be Like You”.

Accept – Symphonic Terror : Live Wacken 2017 (2018)

produto_Foto1_9454824

4a4e7-downloadpic3O Wacken Open Air de 2017 viu ser escrita no seu palco mais uma página de destaque da história do heavy metal. Desde a clássica “Metal Heart”, o Accept dava mostras da influência que a música clássica exercia sobre sua forma de compor, traduzindo para o Heavy Metal andamentos da “Marcha Eslava”, de Piotr Ilitch Tchaikovsky, e “Für Elise”, de Ludwig van Beethoven. Mas o que aconteceu naquela noite de 2017, no Wacken Open Air, foi algo diferente: uma apresentação do Accept com orquestra sinfônica no tradicionalíssimo festival alemão. Curiosamente, uma parceria tradicional em estúdio, como vimos anteriormente, mas inédita no palco, para a banda. E claro que esse espetáculo merecia um registro, que agora vemos em “Symphonic Terror – Live At Wacken 2017”.

Accept – The Rise Of Chaos (2017)

CS656962-01A-BIG

4a4e7-downloadpic3The Rise of Chaos é o quarto álbum com Mark Tornillo nos vocais e o décimo-quinto trabalho da carreira dos alemães. Produzido por Andy Sneap, o disco foi lançado em todo o mundo pela Nuclear Blast e traz dez novas canções. O álbum marca também as estreias do guitarrista Uwe Lulis e do baterista Christopher Williams, que assumiram os postos anteriormente ocupados por Herman Frank e Stefan Schwarzmann. O guitarrista e líder Wolf Hoffmann e o baixista Peter Baltes completam o time. Musicalmente, temos um álbum que mantém a mesma pegada adotada desde Blood of the Nations, honrando a sonoridade de metal clássico que sempre esteve associada à banda. No entanto, é possível perceber uma inserção maior de elementos mais rock and roll, responsáveis por tornar o som mais direto em músicas como as ótimas “Koolaid” e “Analog Man”.

Accept – Blind Rage (2014)

1000x1000

4a4e7-downloadpic3Blind Rage é o décimo quarto disco da banda de heavy metal Accept, lançado em 15 de agosto 2014 pela Nuclear Blast Records. O disco estreou no topo das paradas de álbuns alemãs. “Blind Rage” veio realmente pra comprovar e firmar que o saudoso Udo Dirkschneider (grande vocalista) realmente faz parte do passado da banda. Mark Tornillo tem uma capacidade vocálica que realmente é deixar qualquer um boquiaberto com seus agudos e “arranhaduras” feitas por suas cordas vocais. Temos aqui no belo “Blind Rage” onze perfeitas faixas que com certeza foram produzidas com bastante cuidado, pois a qualidade imposta é realmente algo surpreendente.

Accept – Stalingrad (2012)

Accept-Stalingrad-Artwork

4a4e7-downloadpic3Stalingrad é o décimo terceiro álbum da banda de heavy metal Accept, produzido por Andy Sneap (o mesmo do álbum anterior, Blood of the Nations, e também de álbuns de bandas como Arch Enemy, Exodus, Machine Head). Na parte musical, a banda acrescentou um belo clima épico nas melodias, reforçando assim o conceito das letras e tornando as canções ainda mais consistentes. Há longos trechos instrumentais repletos de guitarras gêmeas na maioria das faixas. Tornillo faz outra boa atuação como no último álbum, indo do já tradicional timbre agudo a algumas passagens onde explora um vocal mais grave. Os riifs da dupla de guitarristas Wolf Hoffmann e Herman Frank conduzem todo o disco. Estilisticamente, Stalingrad é um heavy metal tradicional que se equipara aos clássicos

Accept – Blood Of Nations (2010)

tapa

4a4e7-downloadpic3Blood of the Nations é o décimo segundo álbum de estúdio do Accept, lançado em 2010. Foi o primeiro álbum da banda desde Predator em 1996. Em seu retorno, eles assinaram contrato com a gravadora Nuclear Blast. É o primeiro álbum gravado com o vocalista Mark Tornillo e o baterista Stefan Schwarzmann. Também é o primeiro disco da banda sem Udo Dirkschneider nos vocais desde Eat the Heat (1989), e com Herman Frank na guitarra desde Balls to the Wall (1983).