Rita Lee & Roberto de Carvalho – Rita Lee & Roberto Carvalho (1982)

unnamed

4a4e7-downloadpic3“Rita Lee & Roberto de Carvalho”, também conhecido como “Flagra”, é um álbum de Rita Lee com seu parceiro Roberto de Carvalho lançado em 1982. Trouxe canções que foram grandes hits nas paradas Brasileiras, como “Flagra”, uma das músicas mais famosas de Rita, e “Cor-de-Rosa Choque”. Comercialmente, o álbum obteve grande sucesso, superando as vendas de Lança Perfume, de 1980, e vendendo mais de dois milhões de cópias. O disco ganhou um musical para TV, dirigido por Daniel Filho, intitulado O Circo. Segundo Rita Lee, a apresentação era uma “superprodução” da TV Globo, “com palco giratório e figurinos exuberantes”. Depois da gravação do programa, a banda saiu em turnê pelo país, com quatro caminhões transportando a estrutura do musical

Rita Lee & Tutti Frutti,Erasmo Carlos, Raul Seixas & O Peso – Hollywood Rock (1975)

Capa

4a4e7-downloadpic3“Hollywood Rock” é um falso álbum ao vivo lançado em 31 de março de 1975 pela Philips Records, após a primeira edição do festival Hollywood Rock. Era um disco que, a princípio, iria registrar as apresentações ao vivo dos quatro nomes do festival organizado por Erasmo Carlos e patrocinado pela famosa marca de cigarros. Além de Erasmo, estão no disco Rita Lee & Tutti Frutti, Raul Seixas e a banda de hard rock O Peso. No entanto, problemas técnicos fizeram com que fossem gravadas sessões de estúdio chamadas de overdubs, uma técnica considerada fraudulenta e muito usada em supostos discos “ao vivo”, um hábito muito comum na indústria fonográfica.

Rita Lee – Rita Lee (1980)

20190321020433!Rita_Lee_Lança_Perfume

4a4e7-downloadpic3Rita Lee, também conhecido como Lança Perfume, é o oitavo álbum de estúdio lançado pela cantora e compositora brasileira Rita Lee em 1980. É um dos mais conhecidos álbuns de Rita, e a apresentou ao mercado estrangeiro, tendo singles lançados na Europa e América do Norte. Trouxe os sucessos “Lança Perfume” e “Baila Comigo”. Do repertório fazem parte canções como (além da própria Lança Perfume), “Baila Comigo”, “Nem Luxo Nem Lixo”, “Orra Meu”, “Shangrilá” e “Bem-me-quer”. Lança Perfume estaciona por 2 meses em 1º lugar nas paradas de sucesso da França, chega em sétimo lugar da parada da Billboard e é lançado com grande êxito em vários países da Europa e América Latina. Até o Príncipe Charles da Inglaterra passa-se por excêntrico ao dizer que sua cantora favorita seria Rita Lee.

Rita Lee & Tutti Frutti – Fruto proibido (1975)

Front

4a4e7-downloadpic3Fruto Proibido é o quarto álbum de estúdio da cantora de rock brasileiro Rita Lee – e o segundo com a banda Tutti Frutti – lançado em 1975. Acompanhada por Luis Sérgio Carlini (guitarra), Lee Marcucci (baixo), e Franklin Paolillo (bateria), considera-se que a cantora criou uma obra que dialogava com as situações da metade da década de 70 – época de grandes mudanças sócio-culturais e de contínuas tempestades no cenário político brasileiro. Calcado no blues rock, o som do LP é de hard rock em língua portuguesa, com mesclas de pop. O disco trouxe à tona uma variedade de sucessos que tornariam-se definitivos na carreira de Rita Lee. “Agora só Falta Você” e “Esse Tal de Roque Enrow”, co-escrito com Paulo Coelho, parceiro musical que já era um importante letrista de rock no país, tem tonadas de rock puro. Esta primeira e “Luz del Fuego” também revelavam uma temática feminista. “Ovelha Negra”, considerado o hino de Lee e provavelmente sua canção mais famosa, foi a canção que a projetou como artista solo e independente, e encerra o disco com um aclamado e memorável solo de Luis Carlini. Fruto Proibido celebrou 35 anos de seu lançamento em 2010. Desde então, tem sido constantemente citado como um dos álbuns mais seminais e mais definitivos de todo o rock brasileiro, possibilitando o movimento de rock nacional na década seguinte. Sua vendagem inicial de 200 mil cópias foi seguida por uma significativa crítica posterior; hoje é considerado um clássico e a obra-prima de Rita Lee, aquele que a condecorou com o título de Rainha do Rock Brasileiro. Em 2007, foi eleito o 16º melhor disco brasileiro de todos os tempos na Lista dos 100 maiores discos da música brasileira feita pela Rolling Stone. Foi também incluído em uma lista da Superinteressante dos principais álbuns do rock brasileiro.

Rita Lee – Rita e Roberto (1985)


MI0004110624

4a4e7-downloadpic3Rita e Roberto é um álbum de estúdio lançado por Rita Lee e Roberto de Carvalho em 1985. Rita e Roberto foi aclamado pela crítica, mas não fez tanto sucesso quanto os anteriores junto ao público. Deste disco os hits são Vírus do Amor, Yê yê yê e Noviças do Vício. Neste mesmo ano Rita Lee se apresenta na 1ª Edição do Rock in Rio, apresentação que marca sua volta aos palcos após dois anos.

Rita Lee – Build Up (1970)

R-2559698-1487879528-3564.png

4a4e7-downloadpic3Build Up é o álbum de estreia da carreira solo da cantora e compositora Rita Lee, lançado originalmente em 1970, enquanto ela estava na banda Os Mutantes, pela gravadora Philips Records, através do selo Polydor Records. Contou com o lançamento de um compacto – “José”. Outra faixa com algum destaque é “Hulla-hulla”, presente também na coletânea infantil Pra Gente Miúda II, lançada em 1986.

Rita Lee – Babilônia (1978)

rita-lee2

4a4e7-downloadpic3Babilônia é o sexto álbum de estúdio da cantora e compositora Rita Lee e o quarto e último com a banda Tutti Frutti, lançado em abril de 1978 pela gravadora Som Livre. Este álbum é extremamente diferente de Fruto Proibido, o disco que alçou a cantora paulistana ao estrelato após a sua saída dos Mutantes. O disco mostra o caminho que Rita seguiria nos anos seguintes de sua carreira solo: menos rock and roll e mais canções dançantes. O sucesso de várias faixas do álbum confirmam a sua abordagem comercial: “Miss Brasil 2000”, “Disco Voador”, “Agora É Moda”, “Jardins da Babilônia”, “O Futuro me Absolve” e o tema da novela global O Pulo do Gato, “Eu e meu Gato”. Nelson Motta, escrevendo para O Globo, elogia muito o disco, especialmente as habilidades de Rita como compositora, a expertise dos músicos da banda Tutti Frutti e o humor geral de Rita e do trabalho.