H.E.A.T. – Tearing Down The Walls (2014)

1000x1000

4a4e7-downloadpic3Em seu quarto CD, segundo com Erik Grönwall no vocal, o H.E.A.T. pisa fora da própria sombra e se aventura por uma sonoridade menos melódica e, em determinados níveis, mais “pesada” (ênfase nas aspas — não espere ouvir um Dark Funeral). A redução na formação, de certa forma, contribuiu: sem a segunda guitarra, tanto Eric Rivers quanto Jona Tee se veem tanto com maiores atribuições quanto com mais espaço para mostrar para o que vieram. A guitarra restante, aliada ao teclado que vez ou outra ainda peca pela falta de gosto na escolha do timbre — “Mannequin Show” que o diga! —, estabelece uma base sólida para que um Grönwall cada vez mais confiante interprete com a energia que se espera de um jovem talento, mas também com a maturidade que é particular dos grandes.

H.E.A.T. – Address The Nation (2012)

H.E.A.T._Address-The-Nation_cover-600x600

4a4e7-downloadpic3Address the Nation, terceiro disco da banda sueca H.E.A.T., marca uma mudança importante na carreira do grupo: sai o excelente vocalista Kenny Leckremo e, em seu lugar, surge o desconhecido Erik Grönvall. O novo cantor tem como principal credencial o fato de ter sido o vencedor da versão sueca do popular programa Ídolos. Essa troca, no entanto, pouco alterou a escalada de qualidade e sucesso que o H.E.A.T. vem demonstrando desde o seu disco de estreia, auto-intitulado, lançado em 2008 – Freedom Rock, de 2010, completa a discografia do conjunto. Address the Nation é um trabalho forte e empolgante, que ratifica o status do grupo como um dos principais nomes da atual cena hard rock europeia. Estilisticamente, temos aqui um hard com muitos elementos de AOR, feito sob medida para tocar nas rádios – se elas ainda tocassem esse tipo de música. As composições são sempre marcadas por grandes melodias e refrãos grudentos, e a banda demonstra bom gosto nos arranjos.