Renato Russo – The Stonewall Celebration Concert (1994)

R-3559794-1335273597.jpeg

4a4e7-downloadpic3The Stonewall Celebration Concert é o primeiro disco solo de Renato Russo, gravado entre fevereiro e março de 1994. Interpretado totalmente em inglês, foi uma homenagem aos vinte cinco anos da Rebelião de Stonewall em Nova Iorque. Parte dos royalties foi doada à campanha Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida, criada por Herbert de Souza, que morreu em 1997, vítima da AIDS. Seu encarte traz informações de vinte e nove entidades sociais, entre as quais o Grupo Gay da Bahia, ISER, Greenpeace, Sociedade Viva Cazuza e ABIA. Foi um dos primeiros álbuns totalmente gravados em computador no mercado brasileiro.

Renato Russo – Presente (2003)

1179943a6e09554c4d27f974096a4fab.1000x1000x1

4a4e7-downloadpic3Presente é um álbum póstumo do cantor e compositor Renato Russo, lançado em março de 2003, sete anos após sua morte. Os familiares de Renato Russo permitiram que o jornalista e produtor Marcelo Fróes vasculhasse os arquivos pessoais do cantor em busca de alguma espécie de material que pudesse ser utilizado em um disco ou algo do tipo. Com este material e a ajuda do então diretor artístico da gravadora EMI, Jorge Davidson, Fróes começou o projeto de um disco a ser lançado no aniversário de nascimento de Renato e, por isso, se chamaria “Presente”. Fróes encontrou parte das canções em gravações caseiras de Renato, como “Hoje” (dueto com a cantora Leila Pinheiro), “Boomerang Blues” (composição de Renato gravada pelo Barão Vermelho) e “Thunder Road” (cover do cantor norte-americano Bruce Springsteen). Também foram incluídas canções já lançadas anteriormente, como “A Cruz e a Espada” (dueto com Paulo Ricardo, ex-RPM), “A Carta” (dueto com Erasmo Carlos), “Quando Eu Estiver Cantando” (regravação de Cazuza, gravada ao vivo no show Viva Cazuza, realizado em Outubro de 1990, três meses após a morte de Cazuza) e “Gente Humilde” (dueto com o violonista Hélio Delmiro, gravada para o Songbook Vinícius de Moraes vol. 3, em homenagem aos 90 anos de nascimento de Vinícius de Moraes), além de uma edição das canções “Cathedral Song” (cover da cantora Tanita Tikaram) e “Catedral” (versão em português da mesma, gravada pela cantora Zélia Duncan) em uma só canção. Também foram incluídos trechos de entrevistas raras concedidas por Renato a Marcelo Fróes, em 1994, 1995 e 1996. O principal sucesso deste álbum é “Mais uma Vez”, composição de Renato Russo em parceria com Flávio Venturini, que foi gravada pelo grupo 14 Bis (do qual Venturini ainda era membro) em 1987. Foi produzida uma nova versão da canção, em 2002, apenas com a voz de Renato Russo. Esta versão se tornaria o single principal do disco, além de ser incluída na trilha sonora da telenovela Mulheres Apaixonadas, exibida pela Rede Globo em 2003. Também foi incluída no disco a versão original gravada em 1987, que foi remixada. Em 2017, a música “Boomerang Blues” foi incluída na trilha sonora e na abertura da novela O Outro Lado do Paraíso, também exibida pela Rede Globo.[4][5]