Bruce Dickinson – Balls To Picasso (1994)

front

4a4e7-downloadpic3Balls to Picasso é um album de Hard Rock do vocalista do Iron Maiden Bruce Dickinson, lançado em 1994. É o segundo na carreira solo de Dickinson e o primeiro lançado depois que ele deixou oficialmente a banda Iron Maiden. Este registro marcou o início das colaborações de Dickinson com Roy Z, que trabalharia em muitos dos álbuns mais recentes de Dickinson, incluindo “Accident of Birth”, “The Chemical Wedding” e Tyranny of Souls . Estilisticamente, afasta-se de Tattooed Millionaire. Dickinson começou a trabalhar em seu segundo álbum solo enquanto ainda estava em Iron Maiden. Para as primeiras sessões de gravação, ele recrutou a banda britânica Skin. Não satisfeito com o estilo do esforço, Dickinson abortou a gravação. A próxima tentativa de um segundo álbum solo foi uma colaboração com o produtor Keith Olsen. Dickinson decidiu acabar com este projeto e juntou-se com o guitarrista Roy Z e sua banda Tribe of Gypsies para escrever e gravar Balls to Picasso.

Bruce Dickinson – Covers (2009)

Bruce Dickinson - Covers (2009)

4a4e7-downloadpic3Além dos diversos álbuns clássicos e das canções memoráveis que gravou junto ao Iron Maiden, Bruce Dickinson participou de discos de outros artistas e também deu voz a inusitados covers. Aqui, uma seleção de doze faixas que nem todos os fãs de Bruce Dickinson e do Iron Maiden conhecem. A compilação traz clássicos do Queen, Scorpions, Alice Cooper, AC/DC, Deep Purple, Black Sabbath, entre outros.

Bruce Dickinson – Tattooed Millionaire (1990)

R-2007799-1480056551-9064.jpeg

4a4e7-downloadpic3Tattooed Millionaire é o primeiro disco solo do cantor britânico Bruce Dickinson, gravado enquanto ele ainda fazia parte do Iron Maiden. Diferentemente da sua banda na época, este disco é mais voltado ao hard rock do que ao heavy metal. O projeto do álbum começou quando Dickinson foi perguntado se poderia gravar uma música para o filme A Nightmare on Elm Street 5: The Dream Child, e então escreveu “Bring Your Daughter… to the Slaughter”. Colaborando com o futuro guitarrista do Iron Maiden, Janick Gers, Dickinson começou criando um álbum solo que era fundamentalmente diferente de seus trabalhos com o Maiden, soando mais melódico e no geral com um tom mais suave. “Bring your Daughter…” não foi incluída no lançamento original, já que o Iron Maiden planejava gravar uma versão alternativa para o seu álbum de 1990, No Prayer for the Dying. O álbum obteve certificado de Prata no Reino Unido alguns dias após ser lançado, por ter vendido mais de 60 mil cópias. Todos os quatro singles de divulgação do disco – “Tattooed Millionaire”, “All the Young Dudes”, “Dive! Dive! Dive!” e “Born in ’58” – entraram nas paradas de singles britânicas.

Bruce Dickinson – Tyranny Of Souls (2005)

Dickinson-tyranny-of-souls

4a4e7-downloadpic3Tyranny of Souls é um álbum de heavy metal lançado por Bruce Dickinson, vocalista da banda Iron Maiden em 23 de Maio de 2005. A música “Kill Devil Hill” é inspirada pela disputada alegação de sucesso no voo pelos Irmãos Wright em 1903. O processo composicional foi dividido entre Roy Z e Dickinson, e Roy tocou todas as guitarras e algumas linhas de baixo e piano. A maior parte das composições foi feita pelo envio de gravações de riffs de Roy para Dickinson, o qual escrevia as letras e melodias enquanto estava em turnê com o Iron Maiden. A arte da capa é uma obra do artista renascentista Hans Memling.

Bruce Dickinson – The Chemical Wedding (1998)

BRUCE-DICKINSON-The-Chemical-Wedding-DLP

4a4e7-downloadpic3The Chemical Wedding é o quinto álbum de estúdio da carreira solo de Bruce Dickinson, lançado em 1998. Considerado por muitos como o melhor disco da carreira solo de Dickinson e também um clássico do metal, The Chemical Wedding apresentou grandiosas composições ao público do cantor britânico, mantendo a formação do disco anterior com Roy Z e Adrian Smith (Iron Maiden) nas guitarras, que promoveram uma sequência de solos extremamente técnicos e melodiosos no decorrer do CD. Destaque para as faixas “King In Crimson”, “Chemical Wedding”, “Jerusalem”, e “Killing Floor” (que saiu como single).