Genesis – Duke (1980)

Genesis - Duke (1980) front back album covers download

4a4e7-downloadpic3Duke é o décimo álbum de estúdio da banda britânica de rock Genesis, lançado em Março de 1980. O álbum tornou-se o primeiro do trio a alcançar a primeira posição nas paradas do Reino Unido, enquanto também aumentou sua audiência nos Estados Unidos, atingindo a décima primeira posição e disco de ouro imediatamente (disco de platina posteriormente). Pode ser considerado um álbum de transição, incorporando tanto elementos de instrumentação densos e elaborados da era anterior da banda na década de 1970 quanto materiais de melodia pop que marcaram fases posteriores da banda. Duke foi uma mistura de extremos, contendo tanto faixas para rádio como “Misunderstanding” quanto suítes de rock progressivo como “Duke’s Travels”.

Genesis – Genesis (1983)

R-667372-1468330365-9609.jpeg

4a4e7-downloadpic3Genesis é o décimo segundo álbum de estúdio da banda britânica de rock Genesis, gravado e lançado em 1983. O álbum Genesis ainda trazia algumas composições próximas no progressivo como “Mama” e “Home By The Sea”, esta conhecida pelas duas versões, uma delas totalmente instrumental. O grupo foi paulatinamente tomando a direção do pop-rock em detrimento do progressivo. É por este caminho que a banda chega ao ano de 1983, quando este “novo” Genesis – reduzido a um trio após a saída do guitarrista Steve Hackett em 1977 – lançou um álbum primoroso de pop-rock, que pouco lembrava o som setentista da banda, afora a excelência de seus músicos.

Genesis – From Genesis To Revelation (1969)

R-2830296-1302985040.jpeg

4a4e7-downloadpic3From Genesis to Revelation foi o primeiro álbum da banda britânica Genesis, lançado em Março de 1969. Foi produzido por Jonathan King, que havia descoberto a banda em 1967 enquanto os integrantes ainda cursavam a Charterhouse School. Os Genesis gravaram o seu primeiro álbum From Genesis to Revelation em 1968 depois de fazerem um acordo com Jonathan King, um compositor e produtor que teve um single de êxito na altura chamado “Everyone’s gone to the moon”. A banda gravou uma série de músicas refletindo o estilo pop leve dos Bee Gees, de quem King era grande admirador, tendo King juntado estas músicas num pseudo álbum conceptual juntando-lhe arranjos de cordas. O álbum foi um terrível fracasso e a banda sentindo-se manipulada por King disse-lhe que se tinham separado, de modo a conseguirem quebrar o contracto que tinham com ele. Até hoje King é abominado pela banda e seus fãs, por dizer que foi ele quem deu nome ao grupo e por ter sempre tentado ganhar os direitos do primeiro álbum para regravação.

Genesis – Nursery Cryme (1971)

GENESIS 1971 - Nursery Cryme

4a4e7-downloadpic3Nursery Cryme é o terceiro álbum de estúdio da banda britânica de rock progressivo Genesis, gravado e lançado em 1971. Foi o primeiro álbum a apresentar a formação de Peter Gabriel, Tony Banks, Mike Rutherford, Phil Collins e Steve Hackett, os dois últimos substituindo John Mayhew e Anthony Phillips na bateria e guitarra respectivamente, após o lançamento de Trespass. Tal formação permaneceria até a saída de Gabriel em 1975. “The Musical Box” e “The Return of the Giant Hogweed” tornaram-se as maiores atrações de suas apresentações ao vivo. Apesar de não ter se tornado um sucesso logo após a estréia, Nursery Cryme tornou-se um hit na Itália, e o álbum atingiu a 39ª posição nas paradas do Reino Unido em 1974.