Marillion – Clutching At Straws (1987)

R-5123454-1576921236-6108.jpeg

4a4e7-downloadpic3Clutching at Straws é o quarto álbum de estúdio da banda de rock britânica Marillion, lançado em 1987, sendo o último com a formação ‘clássica’ da banda, com Derek Dick (Fish) nos vocais. O álbum repete, em linhas gerais, o estilo do aclamado disco anterior, Misplaced Childhood, porém com um viés mais pop em algumas das faixas, notadamente “Incommunicado”, que foi seu principal single (#7 na Grã-Bretanha). Os temas abordados são sombrios, ligados pela história de Torch, um jovem cantor que não atinge a fama desejada e passa a viver uma vida frustrada em todos os sentidos, culminando com o abuso de drogas e álcool. Sob esse ponto de vista, pode ser considerado um álbum conceitual, apesar de alguns outros temas serem abordados, como problemas sociais (o Holocausto, em White Russian). Apesar do conceito sombrio, a sonoridade varia sensivelmente entre pop, progressivo, hard rock e soft rock. Em termos de recepção de crítica e público, o álbum foi bastante elogiado, embora ainda se mantivesse atrás de Misplaced Childhood.

Marillion – Script For A Jester’s Tear (1983)

marill

4a4e7-downloadpic3Script For a Jester’s Tear é o álbum de estreia da banda de rock progressivo Marillion, lançado em 1983, inclui faixas como “Forgotten Sons” e “Chelsea Monday”. As faixas “He Knows You Know” e “Garden Party”, também foram lançadas como singles, e se tornaram “Top 40 hits” no Reino Unido. É considerado, ainda hoje, como um dos melhores discos da banda, apesar de alguns problemas de produção. É nítida a influência de bandas como Genesis, Pink Floyd, Camel, dentre outras, e os temas explorados pelo vocalista Fish – guerra, amor, drogas, elitismo, fama – recobrem-se, simultaneamente, de sarcasmo e lirismo.

Marillion – Misplaced Childhood (1985)

R-11221038-1512153286-9293.jpeg

4a4e7-downloadpic3Misplaced Childhood é o terceiro álbum de estúdio da banda de rock progressivo Marillion. O álbum foi lançado em 1985 e foi o maior sucesso comercial da banda, alcançando a primeira posição na lista dos álbuns mais vendidos do Reino Unido em 29 de Junho de 1985. O álbum trazia o single de maior sucesso da banda, “Kayleigh”, que alcançou a segunda posição na lista de mais ouvidas do Reino Unido e foi um sucesso mundial. O nome da música foi concebido por Fish disfarçando ligeiramente o nome de uma antiga namorada, “Kay Lee” (sendo “Lee” o nome do meio), sobre quem a música falava. Misplaced Childhood foi o primeiro álbum conceitual da banda, consistindo em duas peças contínuas, uma em cada lado do vinil.

Marillion – Anorakphobia (2001)

24589d7f9a0b4f2981f38dd6297e2137.png

4a4e7-downloadpic3Anoraknophobia é o décimo segundo álbum de estúdio da banda britânica Marillion, lançado em 2001 após uma campanha inovadora em que a banda ofereceu a pré-venda do álbum antes mesmo de começar a produzí-lo, resultando na arrecadação antecipada dos custos de produção. Possuindo uma consistência sonora bem superior aos dois discos antecessores, Anoraknophobia se caracteriza por possuir maiores doses de experimentalismo, flertando com vários gêneros além do rock, como o jazz. Apesar disso, o resultado é bastante equilibrado, e a maioria das músicas mantém uma atmosfera progressiva, com variações de melodias, andamentos e temas.

Marillion – Real To Reel (1984)

06ecaf8fe9504c6b90f6fd70731cee9a

4a4e7-downloadpic3Real to Reel é o primeiro álbum ao vivo da banda britânica de rock neo-progressivo Marillion, lançado em novembro de 1984. Foi co-produzido por Simon Hanhart, que mixou os dois primeiros álbuns de estúdio e co-produziu a versão em estúdio de “Cinderella Search”. Real to Reel foi gravado em 5 de março de 1984, no De Montfort Hall, em Leicester, Inglaterra, e de 19 a 20 de junho de 1984, no Spectrum, em Montreal, Canadá. Além de duas músicas, cada uma dos dois primeiros álbuns, Script for Jester’s Tear (1983) e Fugazi (1984), a versão original do LP continha duas faixas anteriormente não disponíveis em nenhum álbum, o lado A do o single de estréia da banda em 1982, “Market Square Heroes” e “Cinderella Search”, o lado B de “Assassing”.