Charlie Brown Jr. – Imunidade Musical (2005)

8d9f459c0627b50327f59432ea0df74a.1000x1000x1

4a4e7-downloadpic3Imunidade Musical é o sétimo álbum de estúdio da banda Charlie Brown Jr. Ele foi lançado em 23 de agosto de 2005. Oitavo álbum do grupo, tem mais de 20 faixas (a maioria de autoria do vocalista Chorão), e inaugura uma nova formação: André Ruas, conhecido como Pinguim, na bateria e beat-box; Heitor Gomes, filho do baixista brasileiro Chico Gomes, no baixo elétrico; e Thiago Castanho, guitarrista da primeira formação (1997 a 2000), que retorna à banda. No Brasil vendeu mais de 100 mil cópias, sendo certificado com Disco de Ouro pela ABPD. Foi o primeiro sem o baixista Champignon, o guitarrista Marcão (ambos iriam retornar em 2011) e o baterista Renato Pelado.

Charlie Brown Jr. – Acústico MTV (2003)

bf798aa00f1648d6ac0fec5e4bd8d619

4a4e7-downloadpic3Acústico MTV – Charlie Brown Jr. é o álbum musical da série Acústico MTV da banda brasileira Charlie Brown Jr. transmitido pela MTV Brasil e lançado em 2003 pela gravadora EMI em CD e DVD. Trata-se do primeiro álbum ao vivo da banda, o sexto de sua discografia, e o segundo DVD. No Brasil, o álbum vendeu mais de 250 mil cópias, sendo certificado com Disco de Platina pela ABPD. Foi o 3º DVD mais vendido de 2003, e o 9º CD mais vendido do ano. O show, que teve como cenário algo semelhante a uma igreja medieval, com a banda tocando em uma espécie de altar, cercado por fiéis membros do fã-clube oficial e por vitrais desenhados em forma de cartoon com desenhos de mulheres, praia e skate, foi gravado dias 5 e 6 de agosto no Teatro Mars, em São Paulo, e contou com a participação de convidados especiais. Marcelo Nova, Negra Li, o grupo RZO e Marcelo D2 cantaram com Chorão no Acústico. Além deles, Tadeu Patolla acompanhou os quatro membros da banda em todo o show, tocando violão. No repertório tem-se 3 releituras de outros compositores, como “Samba Makossa” (Chico Science, com participação especial de Marcelo D2), “Hoje” (Camisa de Vênus), com participação de Marcelo Nova, e “Oba, Lá Vem Ela” (Jorge Ben Jor); 2 músicas inéditas (Vícios e Virtudes, e Não Uso Sapato), algumas canções “repaginadas” (como “Quebra-Mar”, que ficou completamente diferente da original) além de vários sucessos da banda.

Charlie Brown JR. – Bocas Ordinárias (2002)

1ae9fb2cbdbe4b3db4fb3c6842c98c9d

4a4e7-downloadpic3Bocas Ordinárias é o quinto álbum de estúdio – e o sexto de sua discografia – da banda de rock brasileira Charlie Brown Jr. O álbum foi lançado em 2002 e, segundo Chorão, o vocalista da banda, o álbum seria uma continuação do álbum anterior (100% Charlie Brown Jr. (Abalando a sua Fábrica)), no sentido de ter mais Rock do que os outros álbuns. O álbum vendeu 500 mil cópias, rendendo um disco de ouro à banda.

Charlie Brown Jr. – Abalando Sua Fábrica (2001)

R-8491727-1462671747-6022.jpeg

4a4e7-downloadpic3100% Charlie Brown Jr. – Abalando A Sua Fábrica é o quarto álbum de estúdio da banda de rock brasileira Charlie Brown Jr. Ele foi lançado em novembro de 2001 com o selo EMI, sendo o primeiro álbum da banda fora do selo Virgin, que apesar de ser da EMI, eram operações diferentes. Este foi o primeiro álbum da banda com a formação de um quarteto, já que o guitarrista Thiago Castanho, que saíra da banda alegando problemas de agenda logo após o lançamento do álbum anterior (Nadando com os Tubarões), não foi substituído por nenhum músico. Ele é também o primeiro álbum da banda a não contar com participações de convidados. Além disso, foi a primeira vez que a gravação de um disco da banda foi feita com todos os instrumentos ao mesmo tempo, como se estivessem tocando ao vivo – diferentemente do processo convencional, que registra cada instrumento separadamente. Isso resultou em uma sonoridade mais crua, mais “de garagem”. O álbum, bem mais curto do que os anteriores (durando pouco mais de meia hora), tem uma sonoridade mais punk, se comparado aos outros álbuns, deixando de lado o rap. As faixas de maior destaque deste álbum foram “Hoje eu Acordei Feliz”, “Lugar Ao Sol”, “Sino Dourado” e “Como Tudo Deve Ser”, sendo que esta última fez parte da trilha-sonora do reality show “Casa dos Artistas”[4].

Charlie Brown Jr. – Nadando Com Os Tubarões (2000)

721c2237a46dfcdd94c8a9fb7639b3ad.1000x1000x1

4a4e7-downloadpic3Nadando com os Tubarões é o terceiro álbum de estúdio da banda brasileira de skate punk Charlie Brown Jr. Foi lançado em 2000 pelo o selo Virgin Records. Foi o último álbum com a formação original do Charlie Brown Jr. (conhecida como formação clássica), já que Thiago Castanho, alegando problemas de agenda, saiu da banda após a turnê deste álbum. Nadando com os Tubarões traz o sucesso “Não é Sério”. Seu lançamento foi fundamental para firmar a banda santista como um dos maiores nomes no cenário do rock brasileiro. Pouco antes de entrar no estúdio para gravar o terceiro álbum, a banda passou por uma forte crise interna, causada pelas brigas entre Chorão e Champignon, que quase encerrou o grupo. Além disso, foi nessa época que o pai do Chorão faleceu, vitimado por um câncer. A banda então deu uma pausa para que o seu vocalista pudesse lidar com a sua perda. Depois de seis meses em profunda depressão, com a barba crescida e de engordar 20 kg ficando em casa sem motivação, ele decide dar a volta por cima. E começa os trabalhos para o novo disco. Apesar das dificuldades, a evolução da fórmula hip hop/reggae/hardcore continuou em Nadando com os Tubarões, lançado em 2000, cujos destaques foram as faixas “Rubão, o Dono do Mundo” e “Não é Sério”. O disco marcava a entrada de DJ Anderson Franja como acompanhante fixo na turnê deste disco, que também contou com participações especiais, como o rapper Sabotage, a cantora Negra Li (na música “Não é Sério”) e seu grupo RZO. Este disco apresentou uma sonoridade mais produzida e carregada se comparado aos dois primeiros álbuns, com algumas letras refletindo o momento delicado pelo qual Chorão estava passando, devido à morte do seu pai.

Charlie Brown JR. – Preço Curto…Prazo Longo (1999)

R-367607-1309212456.jpeg

4a4e7-downloadpic3Preço Curto… Prazo Longo é o segundo álbum da banda de rock brasileira Charlie Brown Jr. Ele foi lançado no dia 6 de março de 1999 pela gravadora Virgin Records. Apresentando um repertório mais alternativo e compacto, criando uma junção entre vários gêneros musicais como o hardcore, o rap, o reggae e o surf music, consagrando assim uma nova fase e identidade á banda, no álbum estão os hits “Zóio de Lula” (a primeira música da banda a alcançar a primeira posição nas rádios brasileiras), “Te Levar”, “Não Deixe o Mar te Engolir” e “Confisco”, que tem uma letra autobiográfica onde o protagonista tem todos os seus bens confiscados. No Brasil vendeu mais de 250 mil cópias, sendo certificado com Disco de Platina pela ABPD.

Charlie Brown Jr. – Transpiração Contínua Prolongada (1997)

Transpiração Continua Prolongada

4a4e7-downloadpic3Transpiração Contínua Prolongada é o primeiro álbum da banda brasileira de rock Charlie Brown Jr. Ele foi lançado em 16 de Junho de 1997 com o selo Virgin Records, que na época tinha como presidente o produtor musical Rick Bonadio. O nome do álbum é uma menção ao esforço que a banda fez para poder gravar o álbum e do tanto de suor que eles derramaram até o seu lançamento. A faixa “Charlie Brown Jr. (Deixa Estar Que Eu Sigo Em Frente)” define bem esta batalha que a banda teve que enfrentar até chegar conseguirem gravar este álbum.