Queensrÿche – The Verdict (2019)

Front

4a4e7-downloadpic3The Verdict é o décimo quinto álbum de estúdio da banda americana de heavy metal Queensrÿche. Foi lançado em 1 de março de 2019, através da Century Media. É o terceiro álbum de estúdio gravado com o vocalista Todd La Torre, que também tocou partes de bateria no álbum devido à ausência do baterista Scott Rockenfield.

Queensrÿche – Rage For Order (1986)

[AllCDCovers]_queensryche_rage_for_order_1991_retail_cd-front

4a4e7-downloadpic3Rage For Order é o segundo álbum de estúdio lançado pela banda Queensrÿche em 1986. Na época era composto por Geoff Tate (vocalista e tecladista), Chris DeGarmo (vocalista e guitarrista), Michael Wilton (vocalista e guitarrista), Eddie Jackson (vocalista e baixista), Scott Rockenfield (baterista e percussionista) e Neil Kernon (tecladista).

Queensrÿche – Frequency Unknown (2013)

0360-queensrychecover

4a4e7-downloadpic3Em “Frequency Unknown” Tate segue trilhando pelo mesmo caminho dos últimos trabalhos que realizou com seus ex-companheiros, apresentando um disco que flutua entre o hard rock e o heavy metal mais linear, fugindo daquele padrão criado no período áureo junto a Chris DeGarmo, com seus arranjos de duas guitarras e andamentos intrincados. Essa nova versão do Queensryche presenta alguns riffs bem pesados (como em “Slave”), mostra-se raivoso em “Dare”, um pouco mais melodioso em “Give It To You”… atira pra todo lado, mas não convence em nenhuma das vertentes onde se arrisca, infelizmente. Mesmo tendo um time all-star tocando ao seu lado (com participações de nomes que falam por si, como Rudy Sarzo, Simon Wright, K. K. Downing, Chris Poland, Paul Bostaph, Ty Tabor, Brad Gillis, Dave Meniketti…). Ah sim, e como não havia material suficiente, que tal regravar alguns de seus maiores sucessos? E são estes momentos em que o fã de Queensryche talvez vá se decepcionar ainda mais… “I Don’t Believe In Love” teve seu refrão regravado de forma ridícula, “Empire” ficou com um andamento mais lento, “Jet City Woman” se manteve de certa forma fiel, assim como “Silent Lucidity”, mas… o estrago parece não ter reparo… Uma pena!

Queensrÿche – Promised Land (1994)

18fc4705a40801234a63e456adf6bc7a.800x800x1

4a4e7-downloadpic3Lançado no dia 18 de outubro de 1994, Promised Land, apresentava uma drástica mudança na sonoridade da banda. que neste ponto da história, já era conhecido por ser “previsivelmente imprevisível”, onde a cada álbum surpreende não se repetindo e mostrando novas facetas. O albúm foge totalmente do heavy metal tradicional e do hard dos álbuns anteriores, ele é progressivo e conceitual. Muitas vezes incompreendido, ele marca o fim de uma era de ouro da banda (apesar de muitos não o incluírem neste contexto) e também a saída de um de seus principais compositores, o guitarrista Chris DeGarmo (Que voltou mais tarde para mais um álbum, sem muito respaldo, o enfadonho “Tribe”).