Freddie Mercury – Original Version • Single Version • Rarities (2018)

R-12170940-1529725842-9517.jpeg

4a4e7-downloadpic3Freddie Mercury – Original Version • Single Version • Rarities é uma compilação em 2 CDs lançada em 2018 trazendo faixas da carreira solo de Freddie Mercury em versões variadas, desde as versões originais até Demos, Remixes, Extended versions, B-Sides, versões Instrumentais, Early Versions e versões alternativas.

Freddie Mercury – Love Kills (1984)

Front

4a4e7-downloadpic3“Love Kills” é um single do cantor e vocalista do Queen Freddie Mercury, original da trilha sonora gravada para o filme Metropolis. A canção inicialmente foi produzida nas sessões de The Game, e foi descartada do álbum final. Freddie a retrabalhou em meados de 1984, lançando-a como o primeiro single de sua carreira solo. O lado B traz a faixa “Rotwang’s Party (Robot Dance)”.

Freddie Mercury – MR. Bad Guy (1985)

MI0002934788

4a4e7-downloadpic3Mr. Bad Guy é o álbum de estreia a solo do cantor e compositor britânico Freddie Mercury. Lançado em 1985, durante um período de hiato nas gravações do Queen, o álbum contêm onze músicas, todas escritas por ele. Ele foi dedicado à “meu gato de estimação Jerry – e também Tom, Oscar e Tiffany, e a todos os amantes de gatos ao redor do universo”. Mercury usou influências da Disco music e de dance music para o álbum; isso contrastava com o trabalho tipicamente orientado para o rock do Queen. O álbum levou quase dois anos para ser gravado, já que Mercury teve que reunir material suficiente enquanto se comprometia com as atividades da banda. Inicialmente, o álbum deveria apresentar duetos com Mercury e Michael Jackson. Eles gravaram “There Must Be More to Life Than This”, mas Mercury desistiu de qualquer colaboração posterior depois de se sentir desconfortável ao trabalhar com a lhama de estimação de Jackson no estúdio,[4] embora Jackson tenha ficado chateado com o uso de drogas por Mercury.[5] A gravação estava sobrecarregando Mercury, pois ele participava de tudo, desde a execução das trilhas até a engenharia de som para obter o efeito desejado. Mercury usou sintetizadores e orquestração no desenvolvimento de pistas, aumentando a diversidade em cada peça.

Freddie Mercury – Messenger Of The Gods {The Singles} (2016)

81QAxxwsK7L._SL1500_

4a4e7-downloadpic3Freddie Mercury era um homem de muitos talentos. As músicas que ele escreveu para e com o Queen encheram estádios ao redor do mundo e com razão entraram para a história, mas ele também teve uma carreira solo que o levou tanto a clubes de Munique a Nova York como para as grandes casas de Ópera do mundo. Para celebrar o aniversário deste artista (70 anos no dia 5 de Setembro), apresentamos todos os diferentes lados deste músico icônico em ‘Freddie Mercury: Messenger of the Gods – The Singles, uma viagem através da carreira de um talento único desde sua estreia solo no single ‘I Can Hear Music’, quando Freddie usava o codinome Larry Lurex, passando pelos sucessos dançantes dos anos 80 chegando até sua colaboração com a cantora de ópera Montserrat Caballé.